Prefiguração de novos sistemas alimentares

A experiência do Projeto CASA UFRJ

Autores

  • Manoela Menna Barreto Paulos Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Palavras-chave:

Comunidade Acadêmica que dá Suporte à Agricultura, Agroecologia, Sistemas alimentares, Extensão Universitária, Agricultura familiar, Alimentação orgânica

Resumo

Os sistemas de produção agrícola atualmente hegemônicos no Brasil geram intensos danos nos ecossistemas, contaminação de recursos hídricos e o aprofundamento das desigualdades sociais do país (ALTIERI, 2010). Este artigo busca avaliar o potencial transformador de uma aplicação de Comunidades que Sustentam a Agricultura (CSAs) em ambiente acadêmico, por meio da atuação extensionista durante 2017, 2018 e 2019 no Projeto CASA UFRJ. O CASA traz conquistas para os objetivos que se propõe, com o fortalecimento de agricultores agroecológicos e a promoção de uma alimentação saudável, sem veneno. Entretanto, apresenta desafios associados à permanência dos prosumidores, assimilação das responsabilidades mútuas e às suas limitações em território e recursos. As CSAs trazem avanços locais, mas a transformação dos sistemas alimentares requer ação governamental e políticas públicas. No artigo, são apresentadas ferramentas organizativas adotadas pelo projeto e suas implicações práticas.

Publicado

2023-12-02

Edição

Seção

Economia Solidária, incubação, trabalho e gestão